Reconhecido pela Portaria MEC nº 264 de 16/11/2012.

MISSÃO

O Curso de Enfermagem tem como missão formar profissionais qualificados para intervir sobre situações de saúde/doença, com uma visão global de seus determinantes – bio-psico-social, assegurando a integralidade da atenção e cuidado em Enfermagem, em consonância com os fundamentos e princípios da Política Nacional de Saúde.

FINALIDADES

O curso propõe como finalidades do processo de formação do enfermeiro(a):

Propiciar uma formação técnico-científica e ética/bioética que responda ao perfil epidemiológico local/regional em conformidade com a Política Nacional de Saúde;

Possibilitar uma formação profissional que estabeleça a relação entre a teoria e a prática, com base nos fundamentos e princípios que regemo Sistema Único de Saúde – SUS em seus diferentes níveis de complexidade;

Capacitar os enfermeiros (as) para prestar os cuidados em enfermagem que visem à prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde individual e coletiva;

Favorecer o despertar da consciência, da responsabilidade e do compromisso com a sua formação permanente e com a formação de futuros profissionais.

PERFIL DO EGRESSO

O egresso do Curso de Enfermagem deve revelar as seguintes competências e habilidades para o exercício profissional:

Capacidade para o exercício do ato de cuidar, compreendendo a natureza humana, em suas diferentes dimensões e fases evolutivas;

Habilidade no exercício das técnicas e procedimentos do ato de cuidar no processo de interpretação e intervenção profissional;

Capacidade de identificar e reconhecer os perfis epidemiológicos das populações e de elaboração de intervenções planejadas;

Capacidade para identificar as necessidades individuais e coletivas, seus determinantes bio-sócio-políticos e culturais e as alternativas possíveis, em consonância com a Política Nacional de Saúde;

Capacidade para a tomada de decisões e o controle dos recursos tecnológicos, materiais e humanos, buscando a eficiência, eficácia e o custo-efetividade nos procedimentos inerentes ao ato de cuidar;

Capacidade para prestar informações e orientações aos clientes e seus familiares em relação aos cuidados com a saúde;

Capacidade para participar de equipes multiprofissionais;

Capacidade para coordenar os trabalhos das equipes de enfermagem, desenvolvendo processos de treinamento e educação em serviço;

Demonstrar autonomia no seu processo de desenvolvimento intelectual e profissional e desejo de permanente formação e aperfeiçoamento na área.

CAMPO DA ATUAÇÃO

O enfermeiro(a), profissional liberal, membro das equipes de saúde atua nos hospitais, ambulatórios, clínicas, unidades básicas de saúde, clínicas de enfermagem independentes, atendimento pré-hospitalar, auditoria, assessoria, consultoria, centros de pesquisa, comércio de produtos farmacêuticos e médico-hospitalares, dentre outros.

COORDENADOR

Prof. Maria Cristina Marques Soares

e-mail: [email protected]

TURNO DE FUNCIONAMENTO

Noturno: 19:00 às 22:40 horas (segunda a sexta)

08:00 às 11:40 horas (sábados letivos)

LABORATÓRIOS

Clique aqui

MANUAL DE NORMAS GERAIS E DE SEGURANÇA EM LABORATÓRIO

 

CONSTRUÇÃO CURRICULAR

 

Matriz curricular 2017

 ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

Manual de estágio.

 DURAÇÃO DO CURSO

O Curso de Enfermagem é constituído de 10 (dez) semestres letivos, totalizando 05 (cinco) anos.

DATAS COMEMORATIVAS

12 de maio – Dia do Enfermeiro(a)