fbpx

Coronavírus: Unesulbahia fabrica máscaras de proteção facial para doação aos profissionais de saúde

A iniciativa faz parte do Movimento do Bem desenvolvido da Rede UniFTC

445

Motivada pela urgente necessidade de reduzir o risco de contaminação dos profissionais de saúde que estão atuando na linha de frente no combate ao novo Coronavírus (COVID-19), a Faculdade Unesulbahia de Eunápolis está fabricando máscaras de proteção facial. As peças, que devido à escassez no mercado tem gerado grande preocupação em diversos países do mundo ante o avanço da COVID-19, serão doadas gratuitamente para médicos, enfermeiros e demais profissionais de saúde de hospitais que estão atendendo aos pacientes vítimas do novo vírus.
A produção das máscaras faciais está sendo possível graças ao empenho de colaboradores e alunos da instituição. De acordo com Daiane Soares técnica de laboratório da faculdade o processo de fabricação é manual, porém com muito cuidado e dedicação de todos envolvidos. Começa pelo corte do acetato, seguido da colagem e da montagem dos kits que, após esterilizados, serão entregues aos profissionais da saúde.

O diretor da Unesulbahia, Alvaro Camilo, ressalta que na situação de pandemia que o mundo está vivendo, uma das agravantes consequências da COVID-19 é a contaminação daqueles que estão na linha de frente no combate à doença, principalmente pela falta de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) adequados, dentre eles as máscaras faciais.

“A intenção é a produzir o total de 380 máscaras de acetato que podem ser reutilizadas após esterilização e a distribuição gratuita ao Hospital Regional de Eunápolis que atende cerca de 8 municípios da região. “O primeiro lote já com 82 máscaras foi entregue nesta quinta-feira, dia 30. Em breve a Unesulbahia vai produzir e enviar o restante das máscaras. A expectativa é que essa iniciativa dê mais segurança aos profissionais que estão na linha de frente dessa luta contra o coronavírus”, disse Álvaro

A quantidade insuficiente deste equipamento em países como Itália e Espanha tem causado índices de contaminação entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem que chegam a 12 e 15%. Portanto, é urgente a necessidade que temos de assegurar que em nossa região, todos os profissionais tenham acesso a este recurso de proteção. A Faculdade desde o início da pandemia tem agido com empenho em dar apoio aos serviços de saúde da região, em especial o Hospital Regional de Eunápolis, desde a disponibilização de leitos para UTI e agora com a doação das máscaras. Neste sentido, a adesão da Unesulbahia à campanha é muito significativa.

Para a produção das máscaras faciais, a Faculdade está investindo na aquisição de de lâminas de acrílico e acetato que são utilizados na parte frontal das máscaras. Inicialmente, na fase de produção sob a supervisão da técnica de Laboratório da Unesulbahia, Daiane Soares e estão atuando os alunos dos cursos de Enfermagem e Fisioterapia.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários estão fechados.

Ligue pra gente!