Aproveitamento de disciplinas

O Aproveitamento de estudos é o processo de análise dos estudos concluídos nas Faculdades Integradas do Extremo Sul da Bahia e/ou em outra Instituição de Ensino Superior, com fins de concessão de créditos para o curso em que o aluno estiver matriculado ou pretende se matricular.

São passíveis de aproveitamento os estudos realizados em:

  • Cursos sequenciais;
  • Outro curso de graduação;
  • Cursos de pós-graduação (especialização, mestrado e doutorado) para graduação;
  • Disciplinas isoladas cursadas em nível de graduação ou pós-graduação.

 

Serão computados, para fins de aproveitamento de estudos, os conhecimentos adquiridos através de experiência extra-escolar, avaliados conforme disposições regimentais, bem como de disciplinas isoladas cursadas nas Faculdades Integradas do Extremo Sul da Bahia.

O acadêmico que demonstre conhecimento extraordinário, conforme Art. 93 da LDB9394/1996 poderá ter aproveitamento de estudos a que ser refere o caput deste artigo, mediante prova de proeficiência.

O aproveitamento de estudos deverá ser solicitado à Secretaria Geral através de requerimento protocolado, tendo em anexo o seguintes documentos em via original:

  • Histórico Escolar, de acordo com o disposto no Art. 26 deste Regulamento;
  • Programas de ensino das disciplinas cursadas.

O histórico escolar e os planos de ensino correspondentes são os documentos necessários para embasar a análise dos currículos, que deverá ser feita pelo Coordenador do curso, observando a bibliografia básica, carga horária e o programa da disciplina semelhante ou da ministrada nas Faculdades Integradas do Extremo Sul da Bahia.


Os documentos deverão ser encaminhados pela Secretaria Geral, em formato de processo acadêmico, à Coordenação de Curso que procederá análise curricular e emitirá o seu parecer.

O acadêmico deverá assistir às aulas das disciplinas para as quais requereu o aproveitamento dos estudos até o deferimento do Coordenador(a) de Curso.

A dispensa de disciplinas está condicionada à compatibilização do conteúdo e ao cumprimento de no mínimo 75% (setenta e cinco por cento) da carga-horária ou à aprovação em processo de avaliação de conhecimentos adquiridos através de experiências extra-escolares.

O conhecimento adquirido através de experiência extra-escolar poderá ser avaliado para fins de aproveitamento de disciplinas que integram as construções curriculares dos cursos de graduação.

Poderão ser objeto de pleito as disciplinas oferecidas pelos cursos de graduação, pertencentes à grade curricular do curso em que o aluno está regularmente matriculado.

A avaliação de conhecimento prévio não se aplica aos alunos que reprovaram na(s) disciplina(s) pleiteada(s).